­

Reflexões sobre o mercado subformal: a proteção do trabalhador

A regulação das relações de trabalho foi estabelecida para as grandes empresas industriais, então emergentes, ainda nos anos 40 e suas bases permanecem até hoje, apesar das profundas mudanças no quadro empresarial brasileiro. De uma parte, os empregadores industriais cresceram e há atualmente mega-empresas industriais, grande parte sob controle multinacional. O Grupo Votorantim é um [...]

Programa de Proteção ao Emprego

O Brasil atravessa uma conjuntura particularmente difícil, de complicada e desafiadora gestão, envolvendo a responsabilidade pública dos diversos atores políticos centrais (partidos políticos, sindicatos, movimentos sociais, empresários). Simultaneamente a uma clássica crise capitalista, com o esgotamento rápido de uma fase de acumulação de capital baseada da produção de matérias-primas demandadas por um mercado internacional em expansão, [...]

Os trabalhadores irão aderir às bicicletas?

Os operários brasileiros já foram importantes usuários da bicicleta na viagem de casa à fábrica, em geral, ambas na periferia das cidades. Nenhum Prefeito se preocupou em criar ciclovias ou ciclofaixas para eles. Os galpões industriais ficaram onde estavam, cada vez mais cercados pela expansão urbana, os trabalhadores foram sendo afastados para periferias cada vez mais [...]

Os trabalhadores diante da crise da água

O que os trabalhadores e os Sindicatos podem ou devem fazer diante da falta d'água? Em primeiro lugar é preciso entender a crise e seus diversos aspectos. A crise atual é decorrência de uma prolongada estiagem em várias regiões do Brasil, mas alcançando principalmente uma faixa que vai do Rio de Janeiro até o centro-oeste brasileiro, passando [...]

O que quer o trabalhador cidadão?

O trabalhador urbano não é apenas uma mão-de-obra, um recurso humano, mas um cidadão que quer viver melhor na sua cidade e cujas reivindicações nem sempre estão contempladas na pauta sindical. O trabalhador precisa morar, ter um teto, é o principal demandante das moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida. Por outro lado o déficit habitacional é [...]

O papel estratégico dos sindicatos de trabalhadores no desenvolvimento sustentável e na promoção de práticas corporativas sustentáveis

O objetivo de uma economia de baixo carbono e eficiente no uso de seus recursos depende de um controle social crescente da sociedade e, especialmente, dos sindicatos. As esferas econômica e social não estão separadas, mas intimamente relacionadas. Desta forma, a visão da importância do controle sindical reside na ideia de que a organização econômica [...]

O Mundo do Trabalho e as Mudanças Internacionais

A crise internacional, desde 2008, apenas agora começa a mostrar seus efeitos mais graves, devastadores e possivelmente – de modo contraditório- inovadores. Os derivativos criaram, de fato, moeda nova, sem respaldo na economia real; como em outros momentos do capitalismo, a partir do século vinte Nenhuma novidade. O poder imperial e soberano dos Estados Unidos [...]

O gargalo da educação superior e os trabalhadores

Não há país no mundo de hoje que não tenha na expansão da educação superior um de seus objetivos mais centrais. Dado por suposto que a educação, ao nível elementar, médio e médio-tecnológico, já tenham se desenvolvido – em quantidade e qualidade compatíveis com os requerimentos da Civilização do Conhecimento, a universidade é o caminho [...]

Mundos do trabalho: uma jornada para 2022

Forças tremendas estão remodelando radicalmente o mundo do trabalho como nos o conhecemos. Inovações disruptivas estão criando novas indústrias e modelos de negócios, e destruindo velhos arranjos. Novas tecnologias, análises estatísticas e redes sociais estão impactando grandemente a forma como nos comunicamos, colaboramos e trabalhamos. Muitas das funções e posições de trabalho do futuro são [...]

Flexibilidade temporal e de local do trabalho (TLF), ajuste da jornada de trabalho e satisfação no emprego

Tem havido nos anos mais recentes uma mudança em muitos países industrializados na forma de arranjar o trabalho e conceber a produção. Esta mudança segue o sentido que vai de trabalhos com escala fixa realizados em um regime de tempo-integral para uma premissa por parte dos empregadores que preconiza formas mais flexíveis de organização do [...]